Carros ganham tecnologia da informação de código livre

Redação do Site Inovação Tecnológica – 24/03/2015

Tecnologia da informação automotiva

Com toda a eletrônica embarcada, os carros já viraram verdadeiros computadores ambulantes.

O problema é que está cada vez mais difícil integrar todos esses sistemas de processamento – alguns carros mais modernos já possuem até 80 sistemas eletrônicos diferentes.

Uma das maiores preocupações é a segurança, evitando que intrusos mal-intencionados possam ter acesso a sistemas que coloquem em risco a segurança dos passageiros e pedestres: o controle do motor e dos freios, por exemplo.

Para isso, engenheiros da Universidade Técnica de Munique, na Alemanha, criaram um novo sistema de “tecnologia da informação automotiva” de duas camadas que separa os sistemas que envolvem a segurança do veículo dos sistemas voltados ao conforto e diversão, incluindo o acesso à internet.

Barramento de Serviços Automotivos

A novidade é o isolamento da rede veicular tradicional, conhecida como barramento CAN (Controller Area Network), das demais funções eletrônicas.

As chamadas “funções de conforto” foram todas migradas para uma nova rede, batizada de BSA – Barramento de Serviços Automotivos (ou ASB – Automotive Service Bus) – que roda em um computador com acesso à internet ou redes externas.

O Barramento de Serviços Automotivos funciona como um canal de mensagens. Todos os componentes podem enviar e receber mensagens através deste canal, mas os sistemas essenciais para a segurança dos veículos só podem ser acessados no modo de leitura.

Apenas em situações claramente predefinidas, para executar funções programadas diretamente na ROM (memória somente para leitura) dos computadores internos, é que o barramento permite o acesso para controle. O objetivo é dar espaço para aplicações futuras, como os carros sem motoristas ou a interação com outros veículos para evitar acidentes.

“Exatamente como os aplicativos em um telefone celular, os componentes [de software] podem ser atualizados, adicionados ou apagados sem necessidade de visitar uma oficina,” disse o engenheiro Michael Schermann, coordenador da equipe.

Código livre

De acordo com Schermann, o sistema já recebeu certificação das autoridades alemãs em testes reais em ruas e rodovias, e o Barramento de Serviços Automotivos deverá agora ser disponibilizado na forma de software livre, de código aberto.

O sistema é escrito em Java e a plataforma de hardware usada é a PandaBoard, fabricada pela Texas Instruments.

Notícia retirada do site: Inovação Tecnológica

http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=tecnologia-informacao-automotiva&id=010150150324&ebol=sim#.VRFcb5-5fqB

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s